NOSSA HISTÓRIA E FILOSOFIA

Fundada em 1937 por Julio Szalay e Anna Szalay, a Casa Julio iniciou
suas atividades na conservação e restauração de tapetes orientais.
Após a Segunda Guerra Mundial, em 1945, utilizando lã importada, a Casa
Julio passou a fazer tapetes , reproduzindo seus desenhos tradicionais ,porém
mantendo a mesma técnica dos artesões orientais.
Mais tarde, o Sr. Julio desenvolveria, sob supervisão da Srª Anna, já tapeceira.
na Iugoslávia, seu país de origem, desenhos próprios. Esta ampliação de
atividades foi interrompida na década de 60, face às dificuldades de
importação de lã e corantes.
Com o crescimento do mercado de tapetes persas e orientais, a Casa Julio
passou a comprar e vender tapetes persas e orientais antigos .
Quase oitenta anos depois, Julio Szalay e Anna Szalay são lembrados pelo
legado deixado com a inusitada arte dos tapetes orientais.
Mantenedor da tradição do pai, Julio Szalay Filho, juntamente com sua esposa
Célia Szalay, em 1984, passaram a administrar a Casa Julio, marcando
ainda mais neste tipo de mercado o espírito empreendedor da empresa.Para
acreditar nas reais possibilidades de crescimento, de forma arrojada e
agressiva, em 1991, após a liberação das importações, a Casa Julio foi
buscar no exterior, diretamente do produtor, os tapetes orientais que justificam
a boa qualidade do produto.